• Postado: 14 May 2021
  • Categoria: Notícias

Em defesa da vacinação dos(as) trabalhadores(as) em educação

As entidades representativas dos trabalhadores e trabalhadoras em educação da Paraíba defendem o cumprimento do Plano Nacional de Imunização (PNI), com a imediata vacinação dos profissionais da educação, pauta que defendemos há mais de um ano, como uma das etapas para que haja o retorno seguro às atividades presenciais. 

Após longa espera, nesta semana foi anunciado o início da vacinação dos profissionais da educação por parte da Prefeitura Municipal de João Pessoa, a partir do próximo domingo (16). No entanto, na noite desta quinta-feira (13), a população da grande João Pessoa foi surpreendida com a ação dos Ministérios Públicos Federal e Estadual para suspender a vacinação do setor da educação. O argumento utilizado é de que o Plano Nacional de Imunização estaria sendo desrespeitado. 

O PNI e o Plano Estadual de Operacionalização das vacinas deixam claro que, após a vacinação dos grupos com comorbidades, estaríamos na 4ª fase da imunização, sendo iniciada com os trabalhadores do ensino básico ao superior. 

Dessa maneira, reiteramos que não há nenhum descumprimento do Plano. Ao contrário, ele está sendo cumprido. Impedir a vacinação dos trabalhadores da educação vai exatamente em sentido contrário ao Plano.

Além do mais, há semanas, o MP também tem pressionado a Prefeitura da Capital a apresentar um plano de retomada das aulas presenciais. A proposta seria retomar as aulas presenciais sem a vacinação dos profissionais das escolas? 

Na rede privada vários trabalhadores estão atuando no ensino presencial sem vacinação e se contaminando. Já tivemos dezenas de vítimas fatais da Covid-19 no setor da educação, pessoas que não tiveram oportunidade de se vacinar. Assim, repudiamos a ação dos MPs que atrasa a vacinação e coloca em risco a vida de trabalhadores.

Solicitamos que a Prefeitura de João Pessoa não abra mão da decisão de vacinar os(as) trabalhadores(as) em educação no próximo domingo, bem como os demais municípios cumpram as etapas anteriores para também iniciarem a imunização destes profissionais.

Vacina para todos profissionais em educação!

CNTE, CUT-PB, CONFETAM, SINTEP-PB, SINTEM-JP, SINTRAMB, SINTEENP