• Postado: 28 May 2020
  • Categoria: Notícias

O DESRESPEITO CONTINUA

Professores e professoras do Estado da Paraíba acordaram nesta quinta-feira (28/05), mais uma vez, com problemas no pagamento dos seus salários. Ao menos é o que indicam os contracheques divulgados no portal do servidor. Este já é o quinto mês consecutivo com erros em massa na folha de pagamento da Secretaria de Educação.

O coordenador geral do SINTEP-PB, Antonio Arruda, entrou em contato com o secretário de Educação, Cláudio Furtado, para cobrar esclarecimentos por mais este problema que afeta milhares de pessoas. O secretário informou que “não foi autorizado nenhum desconto de nenhuma bolsa ou produtividade” e afirmou categoricamente que “os problemas no pagamento têm sido causados por erros dos diretores escolares, que não estão inserindo corretamente a carga horária dos docentes no Sistema Saber”. Esta afirmação foi reiterada na live feita no início da noite de ontem (27/05), no Instagram da SEECT.

A Secretaria garantiu que os docentes das escolas integrais que tiveram seus contracheques zerados irão receber normalmente, com os devidos valores creditados nas contas. Mas, além destes casos, o SINTEP-PB tem recebido centenas de reclamações de professores e professoras das escolas regulares que afirmam que também tiveram erros nos seus vencimentos, como bolsa de desempenho docente, gratificação de ampliação de carga horária e Bolsa Saber (PMGAP). Por isso tudo, o SINTEP-PB está vigilante em relação ao pagamento dos servidores, previsto para amanhã (29/05), e exige da SEECT a reemissão dos contracheques para quem todos tenham o direito de conferir seus vencimentos.

Por fim, a SEECT informou ainda que a folha extra dos servidores que não receberam seus salários em abril, em especial os prestadores de serviço, será paga até o próximo dia 03/06. Vale ressaltar que estes professores e professoras trabalharam o mês inteiro sem receber seus salários, um ato de desrespeito em plena pandemia da Covid-19.