• Postado: 31 October 2018
  • Categoria: Eventos

NOTA DE REPÚDIO À REPRESSÃO E AUTORITARISMO OCORRIDOS NA SEDE DA 6ª REGIONAL, EM PATOS-PB

O SINTEP-PB - Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba vem a público repudiar veementemente a invasão forçada e abuso de autoridade praticados por Policiais Militares, contra a Secretária do SINTEP-PB, Francisca Gouveia Leite, na sede da 6ª Regional, localizada em Patos-PB. O fato aconteceu na tarde da última segunda-feira, 29.10.2018, para condução coercitiva da mesma.

A invasão foi realizada sem mandado judicial e sem crime em flagrante. Dessa forma, é lamentável assistir tal ofensa praticada pelos sujeitos responsáveis pela segurança e aplicação das leis. Os agentes forçaram a entrada em nossa Instituição Sindical para conduzir a Secretária até a Delegacia de Polícia, localizada no bairro de Belo Horizonte, da cidade de Patos-PB. Francisca, que se encontra com 7 (sete) meses de gravidez, estava no seu local de trabalho, cumprindo com seus afazeres diários.

Nesta terça-feira, 30.10.2018, o setor jurídico da nossa Instituição tomou medidas preventivas no intuito de manter um esforço de responsabilidade para com a nossa Secretária. Um processo para solicitar a identificação e afastamento imediato dos agentes envolvidos nesta ação arbitrária, já foi realizado. Já nesta quarta-feira, 31.10.2018, o advogado responsável pela ação, Dr. José Vandalberto de Carvalho, está se deslocando para a cidade do sertão paraibano para melhor representar o Sindicato. O mesmo está acompanhado de alguns Diretores do SINTEP-PB, que cumprem o papel de representantes da Instituição, juntamente com uma representante da Secretaria das Mulheres da Paraíba e um representante do SINDTESP - Sindicato dos Empregados em Sindicatos de Trabalhadores, Federações de Trabalhadores e Centrais Sindicais de todo o Estado da Paraíba.

A Polícia Militar não pode se tornar palco das demonstrações de abuso de autoridade. O SINTEP-PB exige respeito a todos os seus empregados e associados, que compõem parte do quadro administrativo da Instituição e o quadro de representação política. Neste momento específico, exigimos todo o respeito à Secretária Francisca Gouveia de Leite, que exerce suas funções com muita capacidade, habilidade e honestidade.


João Pessoa, 31 de Outubro de 2018.

Conselho Diretor