• Postado: 13 June 2020
  • Categoria: Notícias

MAIS UMA FOLHA COM ERROS

Nesta sexta-feira (12), foi realizado o pagamento de parte da folha extra relativa aos salários e gratificações não pagos do mês de maio. Novamente, a folha veio repleta de valores debitados sem justificativa. Assim, vários docentes continuam sem receber o que lhes é devido pelo Governo do Estado da Paraíba. Até o momento, a SEECT não se pronunciou.

O SINTEP-PB entrou em contato com Paulo Meira, Gerente Executivo da Folha de Pagamento dos Servidores da Administração Direta (GEPAD), para cobrar esclarecimentos sobre o ocorrido. O mesmo informou que o restante dos valores não creditados será pago na folha de junho. De acordo com Paulo Meira, este mecanismo foi usado para “evitar um desconto maior do imposto de renda”.

O SINTEP-PB tem buscado as duas Secretarias do Governo (SEECT e SEAD) envolvidas nos inaceitáveis erros nas folhas de pagamento para cobrar explicações. De acordo com levantamento feito pela entidade, cerca de 10% dos docentes do Estado tiveram erros no pagamento do mês de maio.

Na próxima terça-feira (16), teremos uma audiência com o secretário de Educação Cláudio Furtado e esperamos receber uma resposta definitiva sobre os valores não creditados e sobre a falta de pagamento de prestadores de serviço e da bolsa PMGAP, mesmo para professores e professoras que mensalmente realizam suas atividades e preenchem corretamente o sistema SABER.

Esta é a sexta vez consecutiva que o Governo do Estado da Paraíba deixa professores e professoras sem o devido pagamento em plena pandemia. Não é mais possível aceitar tamanho desrespeito com nossa categoria!