• Postado: 04 July 2020
  • Categoria: Notícias

Governo da Paraíba demite prestadores de serviço de forma desumana

A Diretoria Executiva do SINTEP-PB, reunida por telerreunião neste último dia 06 de abril, analisou a situação dos professores prestadores de serviço que foram demitidos pelo Governo da Paraíba em plena crise mundial do coronavírus. Em nossa opinião, ao agir assim, o governador João Azevedo aplicou, na prática, as medidas desumanas defendidas pelo Governo Bolsonaro.

Uma verdadeira punhalada nas costas de profissionais que se dedicam diariamente a exercer a docência da melhor maneira possível, mesmo debaixo de precárias condições nas escolas e da enorme fragilidade de seus vínculos empregatícios, como agora ficou demonstrado. Num momento em que os governos deveriam prezar pelas garantias de sobrevivência aos desempregados e às pessoas de baixa renda, João Azevedo caminha na contramão.

Senhor governador, os professores e as professoras da rede pública do Estado da Paraíba não são mercadorias descartáveis! São pessoas que precisam do salário para viver, muitas, aliás, representam a única fonte de renda da família. Exigimos respeito aos trabalhadores da educação!

Desta forma, o SINTEP-PB, por meio das ações cabíveis nos âmbitos político, administrativo e jurídico, irá cobrar a recontratação de todos os prestadores demitidos e o devido ressarcimento dos salários não pagos.

SINTEP SOMOS NÓS! NOSSA FORÇA E NOSSA VOZ!