• Postado: 11 June 2018
  • Categoria: Eventos

Contra a arbitrariedade policial, todo apoio à Francisca Gouveia Leite e ao SINTEP-PB

Os movimentos sociais e populares reunidos nesta data vêm a público repudiar a ação da Polícia Militar da Paraíba, que na cidade de Patos, invadiu a sede da entidade representativa dos Trabalhadores em Educação do Estado do Paraíba – o SINTEP-PB e conduziu de forma coercitiva e ilegal a Secretária da entidade, Francisca Gouveia Leite, até a delegacia pelo fato da mesma ter emitido no seu Instagram opiniões pessoais em crítica a policiais. Além de arbitrária, a ação policial assume ainda mais gravidade pelo fato da trabalhadora ser levada à força em viatura policial, se encontrando em avançado estado de gravidez, e tratar-se de gestação de risco. Na delegacia a companheira foi alvo de pressões, inclusive com grande contingente de policiais que foram ‘reconhecê-la’, numa clara demonstração de intimidação.

Ao denunciar tal fato, os movimentos sociais chamam a atenção da sociedade para a escalada de violações dos direitos coletivos e garantias individuais que vêm se avolumando desde o golpe de 2016 e que ganhou força na campanha eleitoral deste ano, especialmente com a eleição do candidato da extrema direita à presidência da República.

Somamo-nos ao lado do movimento sindical paraibano e das forças democráticas contra esta exibição de autoritarismo e exigimos firme decisão da autoridade competente para apurar as responsabilidades e punir exemplarmente os envolvidos.  O governador Ricardo Coutinho tem sido um baluarte na defesa da democracia enfrentado com coragem a ofensiva direitista.

Dessa forma, entendemos que o Governador Ricardo Coutinho irá manter e reafirmar os seus princípios democráticos, apurar os fatos ocorridos na cidade de Patos-PB, garantindo a integridade física e intelectual dos que fazem parte das instituições públicas e sindicais, assim como assegurar a liberdade de expressão e participação dos movimentos sociais na defesa dos seus direitos e contra qualquer tentativa de intimidação, perseguição e abuso de poder. Essa resposta se faz necessária, sob pena de o Estado da Paraíba se tornar refém das forças arbitrárias e autoritárias que compõem o projeto Fascista que vai assumir o poder em Janeiro de 2019.

Todo apoio à Trabalhadora e Companheira do SINTEP-PB, Francisca Gouveia Leite!

Contra a repressão e em defesa da Democracia!

 

João Pessoa, 06 de Novembro de 2018.

Assinam:

  1. José Mario Araújo e Caldas – SINTEM
  2. Paulo Marcelo de Lima – CUT
  3. Maria da Guia L. da Costa – SINTEP-PB
  4. Jeane de Souza – SINDTEXTIL-JP
  5. Luiz Albuquerque Couto – Comissão de Direitos Humanos – Câmara Federal
  6. Luzenira Linhares Alves – CUT
  7. Rosa Duarte Varjão – Mandato do Deputado Frei Anastácio
  8. Laurita Dias do Nascimento – Mandato Deputada Estela Bezerra
  9. Joel Carlos do Nascimento – CUT-PB
  10. David Soares de Souza – Gabinete Anísio Maia
  11. Gabinete Sandra Marrocos
  12. Gilberto Paulino – CUT-PB
  13. Gleyson Ricaro – Consulta Popular
  14. José Moreira da Silva – Mandato Deputado Federal Luiz Couto
  15. Drauzio R. de Macedo – Mandato Marcos Henriques
  16. Ronaldo Cruz – SINTEP-PB
  17. Lúcia Andrea Madruga F. Nóbrega – Movimento Moradia
  18. Aline de Lira Pontes – SINTEP-PB
  19. José Cordeiro de Oliveira – SNTEP-PB
  20. MARIA Leônia Gomes de Lima – SINTEP-PB
  21. Edvaldo Faustino da Costa – SINTEP-PB
  22. Antonio Arruda das Neves – SINTEP-PB
  23. Paulo Tavares – SINTEP-PB e CUT-PB

 

Vejam as fotos: